Devaneios de fim de tarde

Padrão

 

Sei que ando abandonando o blog e que já perdi a promessa de atualizá-lo todos os dias. Não por falta de tempo, mas de assunto, de brilho, de chama. Apesar do feriado em casa, a volta ao trabalho e à rotina voraz tiram-me as forças. Forças que faltam para encarar as coisas simples da vida e simplesmente arriscar. Não sei bem o que quero, como quero, quando quero.

 

Nessa fase de TPM, muitos pensamentos borbulham em minha mente, mas não me levam a lugar pragmático algum. Sem decisões tomadas, sem respostas obtidas, sigo meu caminho, cambaleando. Queria mesmo é uma rede bem gostosa e um edredon nesse fim de tarde de outono. Queria voltar ao tempo das lembranças que tantas vezes escrevi aqui. Mas esses tempos não voltam, embora ainda vivos em mim.

 

De repente…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s