Divagando

Padrão

Escrevo porque não sei mais como dizer o que se passa ao meu redor, e em mim. Aprecio as coisas simples que me chegam todos os dias, as palavras doces de pessoas distantes, o sorriso, o caminhar.

Sinto um estranho alívio, leveza inexplicável de um peso que ainda permanece, mas não se instala mais. Vejo um horizonte nublado, mas prevejo um futuro certamente mais feliz.

 

Não, não há nada novo, não há espaço vago ou ocupado. Há somente uma enorme vontade de descobrir a vida que se apresenta tão bela, todos os dias. Porque é isso o que realmente importa. O resto é cicatriz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s