O futuro e sua incerteza

Padrão

Fiz esta poesia ontem, em raro dia de inspiração:

 

Se a vida da gente é eterna busca

Se os olhos da gente nunca se enganam

Se quem cuida da gente é a gente mesmo

Então estou no caminho certo.

 

Não acredito em duendes, fadas ou afins

Não aposto na Sena, bingo ou coisa assim

Mas anoto na memória tudo o que vejo

E o mais importante cravo no peito.

 

Converso com meu coração e razão

Ambos me levam a destino seguro

Não ouso consultar somente um

Só há equilíbrio se tenho os dois na mão.

 

Cuidados excessivos de nada adiantam

Relutar pelo inevitável é coisa vã

Prefiro seguir o rio e a correnteza

Escolho o futuro e sua incerteza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s