Arquivo mensal: junho 2007

Canção de nós dois

Padrão

Acho que o Dia dos Namorados me deixou mais romântica… Mais uma do Vinicius:

Tudo quanto na vida eu tiver
Tudo quanto de bom eu fizer
Será de nós dois
Será de nós dois

Uma casa num alto qualquer
Com um jardim e um pomar se couber
Será de nós dois
Será de nós dois

E depois, quando a gente quiser
Passear, ir pra onde entender
Não importa onde a gente estiver
Estaremos a sós

E depois, quando a gente voltar
O menino que a gente encontrar
Será de nós dois
Será de nós dois

E de noite quando ele dormir
O silêncio do tempo a fugir
Será de nós dois
Será de nós dois

E por fim, quando o tempo fugir
E a saudade nos der de nós dois
E a vontade vier de dormir
Sem ter mais depois

Dormiremos sem medo nenhum
Pois aonde puder dormir um

Podem dormir dois.

Dia dos Namorado$

Padrão

Pra deixar registrado: Prometo não ir nunca mais a restaurante no Dia dos Namorados. Ainda bem que ano que vem estarei casada e vou poder comemorar a data com meu amor em um jantarzinho a dois.

Ontem, desistimos de ir onde queríamos por causa do trânsito. Depois, a fila para entrar no restaurante. OK, nem demorou tanto. Mas o atendimento… garçom disputado a tapas, já viram? Em seguida, a surpresa: Cardápio Especial do Dia dos Namorados. É claro que nenhum prato custava menos de R$ 50. Mas fomos mais espertos e insistimos pelo cardápio normal do restaurante. Onde já se viu isso? Acabamos gastando R$ 35, os dois!

Meu bolso agradece.