“Não priemos cânico”

Padrão

gripeTudo bem que a gripe suína não é uma doença qualquer. Mas, após dois dias de bombardeio midiático, recheado de palavras como “pânico”, “pandemia” e “contágio mundial”, eis que surge uma informação importante:

“A taxa de letalidade da gripe suína gira em torno de 6% a 7%. Ou seja, a maioria das pessoas contagiadas não morrem.”

Curiosamente, esta frase está no pé da matéria do Globo. A manchete, em tom bem diferente, fala em vários possíveis casos no Brasil, embora nenhum deles tenha sido confirmado.

Resumindo: nada como uma suposta catástrofe para alinhar o discurso de uma imprensa que pouco reflete, mas vive de manchetes.

Anúncios

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s