Quatro em um

Padrão

Esse tempo longe do marido tem me ensinado muitas coisas. É uma mistura de sentimentos intensos, que vou tentar resumir abaixo:

– “Não há você sem mim, eu não existo sem você”. Vinicius, que sempre adivinha meu pensamento, descreve exatamente o que sinto. É doído demais ficar sem ele por perto. O alcance do telefone nunca será o alcance das mãos.

– “A vida sem um amigo seria tão difícil, nem dá pra imaginar”. Não dá nem pra explicar o carinho que tenho recebido dos amigos nesse tempo. São tantas demonstrações de cumplicidade que eu jamais conseguirei retribuir. Guardo meus amigos a sete chaves e deles não abro mão.

– “Os mais belos montes escalei”. A contagem regressiva no trabalho tem sido uma mistura de ansiedade e nostalgia antecipada. Vou sentir muita falta dos almoços, das idas à Maria Filó, das conversas e de tudo o que aprendi nesses cinco anos. Gratidão sem tamanho.

– “Não te mandei eu? Sê forte e corajoso, não temas nem te espantes, porque o Senhor teu Deus é contigo por onde quer que andares”. É assim que começo daqui a algumas semanas uma vida nova. E como é bom ter essa certeza comigo!

Anúncios

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s