Arquivo mensal: fevereiro 2010

Simplicidade

Padrão

Em tempos de cidade pequena e já vislumbrando um futuro assim também, amei essa música do Pato Fu. Eu tinha esquecido como é bom ter a realidade diminuída e não morar numa cidade que te engole todos os dias… 

Vai diminuindo a cidade
Vai aumentando a simpatia
Quanto menor a casinha
Mais sincero o bom dia 

Café tá quente no fogo
Barriga não tá vazia
Quanto mais simplicidade
Melhor o nascer do dia

Mais mole a cama em que durmo
Mais duro o chão que eu piso
Tem água limpa na pia
Tem dente a mais no sorriso

Busquei felicidade
Encontrei foi Maria
Ela, pinga e farinha
E eu sentindo alegria 

Dentro da cabana

Padrão

Li “A Cabana” em duas tardes e muito tempo depois da grande procura pelo best seller. Alguns amigos já tinham comentado o quanto gostaram da história, mas eu comecei a ler sem saber nadica de nada sobre ela.

E como me surpreendi com cada detalhe. Ficção ou não, é linda demais a descrição de um encontro muito especial com Deus. Impossível não se transportar pra cabana e não se imaginar sendo servido por “Papai”. Aliás, essa é uma das coisas de que mais gostei: pensar em Deus como um magnifício cozinheiro, que tem prazer em fazer coisas gostosas.

Levando adiante o “Projeto Missy” (The Missy Project), faço esse post para divulgar a narrativa contada por William P. Young, que descreve a experiência única vivida por seu amigo Mackenzie Allen Phillips.

Eu adoro citações e as do livro me falaram de modo muito especial. Reproduzo abaixo algumas, pra vocês ficarem com vontade de ler, e pra eu tê-las guardadas no meu diário virtual de boas lembranças.

“Duas estradas se bifurcaram no meio da minha vida, ouvi um sábio dizer. Peguei a estrada menos usada. E isso fez toda a diferença cada noite e cada dia”. (Larry Norman)

“Nada nos deixa tão solitários quanto nossos segrdos”. (Paul Tournier)

“A alma é curada ao estar com crianças”. (Fedor Dostoievski)

“A tristeza é um muro entre dois jardins”. (Khalil Gibran)

“Rotineiramente desqualificamos testemunhos e exigimos comprovação. Isto é, estamos tão convencidos da justeza de nosso julgamento que invalidamos provas que não se ajustem a ele. Nada que mereça ser chamado de verdade pode ser alcançado por esses meios”. (Marilyenne Robinson”)

“Rezemos para que a raça humana jamais escape da Terra para espalhar sua iniquidade em outros lugares”. (C.S. Lewis)

“Crescer significa mudar e mudar envolve riscos, uma passagem do conhecido para o desconhecido”. (Autor desconhecido)

“Mesmo que encontrássemos outro Éden, não teíramos condição de desfrutá-lo perfeitamente nem de ficar lá para sempre”. (Henry Van Dyke)

“Quem decidir se colocar como juiz da Verdade e do Conhecimento é naufragado pela gargalhada dos deuses”. (Albert Einstein)

“Ah, minha alma, prepare-se para encontrar Aquele que sabe fazer perguntas”. (T.S. Elliot)

“Os homens jamais fazem o mal tão completamente e com tanta alegria como quando o fazem a partir de uma convicação religiosa”. (Blaise Pascal)

“Um Deus infinito pode se dar inteiro a cada um de seus filhos. Ele não se distribui de modo que cada um tenha uma parte, mas a cada um ele se dá inteiro, tão integralmente como se não houvesse outros”. (A.W. Tozer)

“A fé nunca sabe aonde está sendo levada, mas conhece e ama Aquele que a está levando”. (Oswald Chambers)

Longe dos olhos, perto do coração

Padrão

Lembranças fofas da galera do trabalho, na minha despedida. Entre tantos mimos e palavras doces, destaco duas:

“Caminante, no hay camiño… el camino se hace al andar”.

“Um dia minha mãe me falou de duas virtudes que a gente nunca poderia deixar de cultivar: a gratidão e o afeto”.

Petrofriends em versão avatar.

Almoços "Sex and the City" no nosso restaurante favorito.

Carinho da W3 Haus

Step by step

Padrão

Então… minha última semana no trabalho. Foram cinco anos muito felizes e isso não é pieguice. É claro que houve momentos de desânimo, comum a qualquer trabalho. Mas as férias chegavam e tudo se resolvia. Aprendi muito com os petrofriends e vou levar grandes amizades pra vida toda.

E a partir de sábado, estou em férias! Espero que não por muito tempo, mas vou curtir cada momento do meu ócio criativo. Só em saber que vou ficar duas semanas inteirinhas com meus pais, dá uma alegria sem tamanho. Ontem pedi pra minha mãe me esperar com salada de fruta e bolo de limão. Desejos de uma filha muito saudosa.

A segunda parte das minhas férias será ao lado do marido, em frente à praia. Prometo que vou bater ponto lá todos os dias, como se fosse uma obrigação trabalhística. Depois conto aqui sobre os livros que já estou separando pra ler com a brisa no rosto.

Mas como nem tudo é moleza, depois vai ser um tal de procurar apartamento, arrumar mudança… um trabalho gostoso, que marca o início de uma nova vida. E tudo isso ainda vai ser regado por uma viagem a Foz do Iguaçu. Sempre fui louca pra conhecer as Cataratas e não tive dúvidas quando o marido perguntou se eu preferia Costão do Santinho ou Foz. Que dilema diliça de resolver, né?

Bora acompanhar essas mudanças por aqui? Prometo contar tudinho.