Arquivo mensal: novembro 2011

O fabuloso destino de Amelie Poulain

Padrão

Não poderia haver momento melhor para assistir Amelie Poulain, uma dívida antiga comigo, muito bem cumprida. Quando fui ao Deux Moulins, em Paris, fiquei encantada por conhecer o famoso café do filme, mesmo sem saber muito sobre a história.

O café fica em Montmartre, um dos bairros mais lindos da cidade, onde está também a Sacré Coeur e o Moulin Rouge. Era meu sonho andar por aquelas ladeiras, percebendo como se comportam os moradores, como vivem a realidade daquele cenário de filme.

Há muitas semelhanças entre mim e Amelie. Em resumo, diria que, além do espírito sonhador, gostaria de ter o senso de justiça tão aflorado quanto o dela.  E não esquecer de mim, como ela também não o fez. Obrigada, Amelie.

Anúncios

Thanksgiving

Padrão

Obrigada por ter me amado primeiro
Obrigada pelas bênçãos incontáveis
Obrigada pela saúde e por ter aprendido a valorizá-la tanto
Obrigada por ter me feito aprender na dor
Obrigada pelas dúvidas respondidas
Obrigada por não fazer a minha parte
Obrigada por cada lágrima derramada
Obrigada pelos presentes recebidos
Obrigada pela inteligência, que não vem de mim
Obrigada por minha família e por meus amigos
Obrigada porque sei a quem dizer obrigada

Li num livro

Padrão

Que existem diversas linguagens do amor.

Preparar seu prato favorito é uma forma de demonstrar amor.
Dar um beijo de boa noite e dizer “podes contar comigo” é uma forma de demonstrar amor.
Uma música, uma poesia e um sorriso são formas de demonstrar amor.
Uma verdade bem dita é uma forma de demonstrar amor.
Um amor sem medida demonstra amor maior.