Sempre muda

Padrão

A noite estava muito chuvosa, fui dormir com o barulho forte de água na janela. Acordei ainda de madrugada para estudar. Estava escuro, mas a chuva havia ido embora. Quando saí do ônibus, já às 7 da manhã, o sol brilhava lá fora e assim perdurou até novamente escurecer. Agora, sinto um vento tímido do lado de fora, que balança a cortina da sala.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s