Mistério

Padrão

Ela poderia muito bem morar num conto de fadas. E isso é contraditório. É ao mesmo tempo objetiva e prática, sonhadora e nostálgica. Sua cabeça puxa os pés pro chão, mas a alma a leva pra bem longe. Existe um lugar, um tempo e um momento por ela sempre idealizados, mas ainda não vividos. E talvez não deva ser vivido mesmo, por risco de cessar o sonho.

Ela vive e realiza coisas diárias. Tem objetivos bem definidos. Mas ao mesmo tempo tem  necessidade constante de imaginar o que poderia ter sido e não foi; as escolhas que poderia ter feito e não fez; os caminhos que dela escaparam. Jamais conseguirá explicar esse sentimento e nem o quer.

Não é fácil entendê-la de verdade.

Anúncios

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s